PS CORAÇÃO DE JESUS

Setembro 02 2009

publicado por pscoracaodejesus09 às 14:38

Setembro 02 2009

O Motelx - Festival de Cinema de Terror de Lisboa  abre as portas a 02 de Setembro para acolher, à terceira edição, a mais  recente produção portuguesa no género e dois hóspedes internacionais, os  realizadores John Landis e Stuart Gordon.  
  
O festival instala-se nos cinemas São Jorge, em Lisboa, de 02 a 06 de  Setembro com cerca de 60 filmes, a maioria inéditos em exibição nacional,  do mais recente cinema de terror que se faz em Portugal e no estrangeiro. 
  
Este ano há uma nova secção competitiva, dedicada às curtas-metragens  portuguesas, concretizando assim um dos objectivos da organização: "Tentar  estimular a produção de cinema de terror e de género", explicou à agência  Lusa um dos directores do Motelx, João Monteiro.  
  
Para esta estreia da secção competitiva foram seleccionadas 14 curtas,  "a maioria feita sem dinheiro e de propósito para o festival".  
  

"Recebemos muito mais do que estávamos à espera. Foi uma grande surpresa.  Recebemos curtas de todo o país; pensámos que seria uma coisa limitada a  Lisboa e arredores", admitiu João Monteiro.  
  
Ainda no que toca ao cinema de terror português, este ano o Motelx tem,  pela primeira vez, um "Quarto Perdido", secção que recupera obras antigas  do esquecimento.  
  
Está prevista a projecção, a 03 de Setembro, de "A dança dos paroxismos"  (1929), filme mudo de Jorge Brum do Canto, que será musicado ao vivo por  Legendary Tigerman e Rita Red Shoes.  
  
A busca aos arquivos do cinema português, em parceria com a Cinemateca,  resultou ainda na escolha de "O Leproso" (1975), de Sinde Filipe, e "A Maldição  do Marialva" (1990), de António de Macedo, a exibir a 06 de Setembro.  
  
Todos os anos a organização do Motelx faz questão de convidar um realizador  que seja marcante no cinema de terror.  
  
Depois dos brasileiros Ivan Cardoso (2007) e José Mojica Martins (2008),  este ano em Lisboa estarão os norte-americanos John Landis e Stuart Gordon. 
  
John Landis apresentará o filme "Um lobisomem americano em Londres",  considerado um dos mais importantes da sua carreira, numa nova versão remasterizada. 
  
"Não estamos felizes, estamos histéricos", confessou João Monteiro,  a propósito da presença de John Landis, realizador também do teledisco "Thriller",  de Michael Jackson, um dos mais importantes da história dos videoclips. 
  
"Nós, da organização, somos pessoas que entramos agora nos trinta, ou  seja, quanto tinhamos oito anos os nosso pais não nos deixavam ir ver filmes  de terror ao cinema. O `Thriller foi uma coisa que nos entrou pela casa  adentro pela televisão", recordou o director do festival.  
  
Foi "talvez a nossa primeira experiência com o terror e se não fosse  o John Landis, provavelmente não havia Motelx. É uma espécie de herói nosso  e de muita gente", assegurou.  
  
Stuart Gordon, de quem foram exibidos filmes nas duas edições do Motelx,  será apresentado uma mini-retrospectiva, que inclui "Re-Animator", um dos  mais importantes da sua cinematografia, inspirado numa história de H.P.  Lovecraft.  
  
Nos dois últimos dias do festival, a 05 e 06 de Setembro, John Landis  e Stuart Gordon estarão no São Jorge para falar sobre o seu trabalho, em  sessões que serão moderadas pelo escritor David Soares e pelo argumentista  Filipe Homem Fonseca.  
  
Nesta edição será mostrado, em estreia mundial, o documentário "Viva  la muerte! Autopsie du nouveau cinema fantastique espagnol" (2009), do jornalista  francês Ive Montmayeur, sobre o sucesso das recentes produções espanholas  no género de terror e fantástico.  
  
Na secção "Lobo mau", dedicada aos mais novos, o Motelx propõe que o  público realize um filme inspirado na animação "Coraline", de Henry Selick,  a partir de uma história de Neil Gaiman.  
 

O festival Motelx é organizado pelo Cineclube de Terror de Lisboa.  
  
Lista completa dos 14 filmes portugueses seleccionados para o prémio  de curtas-metragens, no valor de 1.500 euros:  
  
    "A Aposta" - Vasco Sequeira 
 
    "And From Now On There Shall Be No More Wolves" (O Caçador) - Joana  Linda 
 
    "F.R.U.N.C." - Paulo Prazeres 
 
    "Ljubav" - Casimir Nikodim  
 
    "No Silêncio" - José Pedro Rodrigues 
 
    "O Homem Violento" - Pedro Florêncio  
 
    "Papá Wrestling" - Fernando Alle 
 
    "Reborn" - António Pascoalinho 
 
    "Sangue Frio" - Patrick Mendes 
 
    "Shadows - Viagem ao Inferno" - Miguel Machado, Luís Parreira, Nuno  Guedes, Iuri Braga   
  

    "Soy un Hombre Sincero" - Jaime Freitas 
 
    "TRAUM ZeBNI" - João Vasconcelos 
 
    "Vídeo Recebido" - Adriano Mendes 
 
    "X" - Jorge Cramez  

 

(IN "Lusa")

 

Veja aqui a reportagem da RTP

 

http://195.245.168.16/noticias/?headline=20&visual=9&tm=4&t=Cinema-Sao-Jorge-acolhe-MoteLx.rtp&article=275668

 

publicado por pscoracaodejesus09 às 13:43

Setembro 02 2009

Presidente da Câmara de Lisboa e candidato do PS apresentou as ideias para a capital e pediu maioria absoluta para governar sem acordos

 

O candidato à Câmara Municipal de Lisboa António Costa pediu ontem uma maioria absoluta para governar a capital, durante a apresentação do programa eleitoral, à qual chegou acompanhado pelo histórico socialista Manuel Alegre.

 

"Esta candidatura pode oferecer uma boa solução de governação maioritária à cidade de Lisboa", afirmou António Costa, na apresentação do seu programa, que decorreu no Museu da Electricidade.

 

António Costa chegou acompanhado por Manuel Alegre e sublinhou que a candidatura "Unir Lisboa" representa "uma convergência" do PS com o Movimento Cidadãos por Lisboa, liderado por Helena Roseta, a Associação Lisboa é Muita Gente, de José Sá Fernandes, e de "muitas mulheres e homens das mais diversas origens".

 

O autarca afirmou-se de "consciência tranquila", destacando que cumpriu "os compromissos" a que se propôs, há dois anos, de "arrumar a casa, pôr a Câmara a funcionar e preparar o futuro".

 

Do programa que António Costa ontem apresentou, destaca-se o compromisso de resolver "o défice de equipamentos públicos" da capital, sobretudo para "os jovens casais e os mais idosos".

 

A criação de 76 novas creches, 36 salas de jardim-de-infância, sete escolas do primeiro ciclo, uma rede de transportes escolares, cinco residências assistidas para idosos, 750 camas em cuidados continuados e um programa de atendimento permanente a "idosos isolados" são algumas das medidas com que se comprometeu.

 

Ao nível ambiental, garantiu a conclusão dos corredores verdes, a criação de cinco novos parques urbanos e a plantação de cinco mil árvores por ano. António Costa afirmou ainda que utilizará "os 1.500 quilómetros da rede de saneamento para favorecer a extensão da banda larga a toda a cidade". A reforma administrativa da cidade e a descentralização de competências é outra bandeira.

 

 

Conheça o Programa de António Costa para o Governo da cidade de Lisboa durante os próximos 4 anos.

 

antoniocosta2009.net/programagovernocidade.htm

publicado por pscoracaodejesus09 às 11:44

Setembro 02 2009

O primeiro-ministro e líder do Partido Socialista foi o entrevistado de Judite de Sousa, no programa "Grande Reportagem" da RTP.

 

 

Veja aqui excertos da entrevista:

 

http://195.245.168.16/noticias/index.php?t=Socrates-reconhece-falhas-no-relacionamento-com-os-professores.rtp&headline=20&visual=9&tm=&article=275635

 

http://195.245.168.16/noticias/?headline=20&visual=9&tm=58&t=Jose-Socrates-afirma-que-lei-foi-cumprida-no-caso-de-aprovacao-do-Freeport.rtp&article=275632

 

http://195.245.168.16/noticias/?headline=20&visual=9&tm=58&t=Socrates-garante-que-as-relacoes-entre-Belem-e-Sao-Bento-nao-tem-falhas.rtp&article=275624

 

http://195.245.168.16/noticias/?t=Socrates-reconhece-que-o-fim-da-crise-ainda-esta-longe.rtp&headline=20&visual=9&tm=9&article=275676

 

publicado por pscoracaodejesus09 às 11:21

Setembro 02 2009

Estou com António Costa para a Câmara de Lisboa e com Eduardo Caetano para a Junta de Coração de Jesus porque acredito que Lisboa precisa de uma equipa competente, responsável e séria. Lisboa precisa seguramente mais de reabilitação urbana ou de trabalho bairro a bairro, do que de mais túneis, projectos faraónicos e outras aventuras.


Vivo em Coração de Jesus e tenho os meus dois filhos, de dois e oito anos, em instituições de ensino na nossa Freguesia.

 

Assim sendo, a minha relação com a Junta limita-se provavelmente à que muitos pais e encarregados de educação terão - com o serviço de Apoio à Família da Escola e com as actividades de Verão. Tenho uma boa opinião do trabalho da equipa que tem vindo a assegurar esses serviços e que deverá continuar a ser assegurado pela Junta.
 
No entanto, a Junta deve fazer mais.

 

A Junta deve fomentar a vivência na Freguesia, numa área da Cidade onde muitos trabalham e não vivem e alguns vivem e não trabalham. O trabalho com as Escolas, é talvez a melhor forma de fomentar a vivência da Freguesia.

 

A Escola Básica Luísa Ducla Soares e Jardim de Infância Coração de Jesus, na Rua do Passadiço, único estabelecimento de ensino público na freguesia, é particularmente relevante a este nível.

 

A Junta deve contribuir, junto dos Organismos competentes, para ultrapassar alguns dos aspectos em que a Escola precisa de melhorias - a pintura geral e a melhoria de condições das casas de banho ou o aumento do número de funcionários. Pode-se dizer que a Junta não tem competências nalgumas matérias. No entanto, é obrigação dos membros eleitos fazer ouvir a voz dos seus Fregueses e ser um apoio fundamental dos Pais e da Escola. A Junta não pode, de forma alguma, continuar a assumir uma função passiva nestas matérias.

 

No que diz respeito à Festa de Natal e a Passeios Educativos ou de Encerramento do Ano Lectivo, são típicas actividades que precisam do apoio da Junta, não apenas a nível financeiro.

 

O trabalho com a Escola tem outro grande e meritório propósito - é aqui que se começam a prevenir comportamentos de risco que afectarão a nossa sociedade a prazo. O nosso futuro passa por um trabalho sério e capaz da Junta com as Escolas, um trabalho integrado de prevenção de comportamentos de risco. É exactamente pelo Primeiro Ciclo do Ensino Básico que devemos começar - com os Pais e Encarregados de Educação, Professores, Auxiliares, Directores da Escola e Agrupamento Baixa-Chiado, Polícia de proximidade, Técnicos do Centro de Saúde, Psicólogos, Terapeutas e Assistentes Sociais. Todos terão que estar em articulação, cabendo aqui à Junta um papel insubstituível.

 

As outras instituições de ensino da freguesia - desde a Creche ao Ensino Superior - também terão seguramente necessidades que não têm tido interlocutor ao nível da freguesia. E aqui o potencial de trabalho da Junta, em proveito dos cidadãos, é enorme.

 

A criação de um site, blogue ou outras ferramentas de comunicação rápida e gratuita com os seus fregueses teria um papel importante na comunicação com os fregueses, que não têm muitas vezes disponibilidade para o horário de atendimento da Junta.
 
A nossa Junta pode e deve assumir um papel muito mais activo na Educação dos seus fregueses mais jovens.

publicado por pscoracaodejesus09 às 10:26

RIGOR E COMPETÊNCIA
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

24
26

27


as minhas fotos
pesquisar
 
Eleitos socialistas para a Assembleia de Freguesia de Coração de Jesus
Eduardo Faria Caetano; Ermelinda Caetano; José Manuel dos Santos; Sónia Miranda.
Suplentes à Assembleia de Freguesia de Coração de Jesus pelo PS
Gustavo Seia; Maria Natércia Constâncio; Manuel Alçada Alves; Maria Teresa Silva; Hugo a Malcato; Manuela Brás Valente; Carlos Miranda; Luísa Sofio; José Bessa
Contacte connosco
coracaodejesus09@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO