PS CORAÇÃO DE JESUS

Março 24 2010
O presidente da Câmara de Lisboa afirmou hoje que o lançamento da última fase do novo terminal de cruzeiros da capital assinala "uma nova era no relacionamento" entre o executivo municipal e a Administração do Porto de Lisboa (APL). "Este é um momento particularmente importante, e é para mim um grande prazer ter este novo tipo de relacionamento com a APL. O porto ganhará, Lisboa ganhará, ganharemos todos", referiu António Costa. O autarca falava durante o lançamento do Concurso Público de Concepção para a Elaboração do Projeto do Terminal de Cruzeiros de Lisboa, hoje realizado na Gare Marítima de Santa Apolónia. Referindo que nos cerca de 19 quilómetros da Frente Ribeirinha há espaço "para tudo ou quase tudo", enumerando "turismo, mercadorias ou passageiros" como elementos conexos à zona, o autarca defendeu que o turismo é uma das "componentes fundamentais da base económica" de Lisboa, essencial para o crescimento da cidade. "Lisboa é Lisboa porque começou por ser porto", disse o autarca socialista, que frisou também que um novo terminal de cruzeiros é "essencial e prioritário" para Lisboa e deve ser feito "em conjunto" entre a autarquia e a APL, porque esta "não é só uma infraestrutura portuária, é uma infraestrutura fundamental para a cidade". O novo terminal de cruzeiros de Santa Apolónia ficará concluído em 2013, e a quarta fase, hoje apresentada, terá um custo de cerca de 25 milhões de euros, suportados pela APL, que lançou hoje o concurso em conjunto com a autarquia lisboeta e a Ordem dos Arquitetos. A presidente da APL, Natércia Cabral, afirmou durante a sessão que "ter um terminal de cruzeiros moderno" e "capaz de dar resposta às crescentes exigências da atividade é, de há muito, uma ambição" do Porto de Lisboa, ambição essa "hoje partilhada com o município de Lisboa". Realçando que em 2009 o turismo de cruzeiros foi o único a registar crescimento em volume de negócio, e que em Lisboa, "nos cinco últimos anos", o número de passageiros em cruzeiros "aumentou 74 por cento", a responsável declarou que uma estadia "segura, confortável e memorável" numa paragem de um cruzeiro representa "muitas vezes" um retorno para "férias mais prolongadas", essencial para dinamizar a economia local. Antes das intervenções da presidente da ATL e do presidente da Câmara de Lisboa foi apresentada a evolução do projeto do novo terminal de cruzeiros de Lisboa. O novo projeto terá em conta, sustentam os responsáveis da APL, "a relação com o edificado de carácter excecional da zona", tais como os edifícios da Alfândega ou o Museu Militar. O futuro terminal levará também em consideração a proximidade do centro histórico da cidade, sendo que o projeto a apresentar na sequência do concurso de ideias requer a definição de um edifício "que se destaque pela sua integração na cidade", envolto numa "estratégia de refuncionalização de edifícios na área envolvente, que permita uma vivência do espaço ao nível do turismo, lazer, comércio, serviços e equipamentos". Com uma área total de cerca de 700 metros quadrados, o novo terminal terá uma extensão de 1100 metros de cais acostável.
publicado por pscoracaodejesus09 às 20:22

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



RIGOR E COMPETÊNCIA
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
30
31


as minhas fotos
pesquisar
 
Eleitos socialistas para a Assembleia de Freguesia de Coração de Jesus
Eduardo Faria Caetano; Ermelinda Caetano; José Manuel dos Santos; Sónia Miranda.
Suplentes à Assembleia de Freguesia de Coração de Jesus pelo PS
Gustavo Seia; Maria Natércia Constâncio; Manuel Alçada Alves; Maria Teresa Silva; Hugo a Malcato; Manuela Brás Valente; Carlos Miranda; Luísa Sofio; José Bessa
Contacte connosco
coracaodejesus09@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO