PS CORAÇÃO DE JESUS

Julho 19 2009

 

 

Perante uma multidão e com uma as mais belas paisagens da cidade em fundo, António Costa lançou a sua recandidatura à Câmara Municipal de Lisboa, com um claro apelo a uma escolha entre quem, nos últimos dois anos, se esforçou por equilibrar a autarquia e quem esteve na origem das dificuldades que a actual equipa encontrou.

 

O Jardim de São Pedro de Alcântara quase foi pequeno para todos os que quiseram manifestar o apoio a António Costa e à candidatura UNIR LISBOA. União que António Costa quer ver alargada e da qual a integração do vereador José Sá Fernandes – e do movimento «Lisboa é muita gente» - é apenas um dos sinais.

 

«A escolha que vai ser feita dia 11 de Outubro não permite ilusões, nem ambiguidades. É uma escolha clara entre a responsabilidade e a irresponsabilidade, entre as promessas que se cumprem e as promessas que se fazem, entre o rigor e a trapalhada, entre a competência e a aparência, entre a estabilidade e a instabilidade, entre a realidade e a ficção, entre a sustentabilidade e a precariedade, entre a política ao serviço dos cidadãoes e a política-espectáculo», afirmou António Costa.

 

O autarca evocou também as coligações de esquerda na Câmara Municipal de Lisboa, lideradas por Jorge Sampaio e João Soares – ambos presentes no Jardim de São Pedro de Alcântara -, e sublinhou que «essa notável experiência de Governo», deveria «ser renovada» a partir de 11 de Outubro.

 

António Costa apelou: «Dirijo-me a todas e a todos os que sentem que Lisboa merece tudo, para que nos unamos em torno de um projecto de cidade, em vez de nos dividirmos em nome de jogos partidários que nada têm a ver com os interesses de Lisboa.» Quando agradeceu à equipa que consigo trabalhou na autarquia nos últimos dois anos, mencionou as vereadoras do movimento Cidadãos por Lisboa Helena Roseta e Manuela Júdice e foi interrompido por aplausos.

 

O candidato sublinhou ainda que «o desastre do passado recente» da gestão de Lisboa deixou uma lição clara: «O imediatismo inconsequente, a improvisação errática, o voluntarismo contraditório, a impreparação simplista, a inconsistência fútil e o populismo fácil são trágicos para as cidades».

 

Virando-se para o futuro, António Costa enunciou vários desígnios para Lisboa. Uma cidade mais amiga das pessoas, limpa e segura, com uma rede educativa mais forte, com um novo modelo de mobilidade assente nos transportes públicos, e uma filosofia de descentralização de competências até às juntas de freguesia.

 

Presente na cerimónia, o secretário-geral do PS, José Sócrates, mostrou-se convicto de que «os que se revêem no ideário da esquerda vão votar no António Costa». Já que, «sempre que o PS enfraqueceu, a direita governou» a cidade de Lisboa. A candidatura de António Costa é «a única que une todos os lisboetas», concluiu.

 

Para além de José Sócrates, entre os apoiantes que se deslocaram ao Jardim de São Pedro de Alcântara, encontravam-se Jaime Gama, Maria Barroso, Vera Jardim, José António Pinto Ribeiro, Ana Jorge, Pedro Silva Pereira, José Magalhães ou João Tiago Silveira.

 

Expressiva, foi a presença de inúmeras personalidades, dos mais diversos sectores de actividade pintores, da Cultura ao Desporto. Nomes como Júlio Pomar, Graça Morais, Leonel Moura, João Botelho, Mário Barroso e Fonseca e Costa, Luís Miguel Cintra, Hélder Costa, Inês de Medeiros, Miguel Guilherme, Rui Morrisson e André Gago, Camané, Luís Represas, João Gil, são apenas alguns dos que marcarem presença no lançamento da candidatura. E até Eusébio da Silva Ferreira quis por lá passar, deixando um abraço ao candidato António Costa.

publicado por pscoracaodejesus09 às 17:45

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



RIGOR E COMPETÊNCIA
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

17
18

20
24
25

26
27
29


as minhas fotos
pesquisar
 
Eleitos socialistas para a Assembleia de Freguesia de Coração de Jesus
Eduardo Faria Caetano; Ermelinda Caetano; José Manuel dos Santos; Sónia Miranda.
Suplentes à Assembleia de Freguesia de Coração de Jesus pelo PS
Gustavo Seia; Maria Natércia Constâncio; Manuel Alçada Alves; Maria Teresa Silva; Hugo a Malcato; Manuela Brás Valente; Carlos Miranda; Luísa Sofio; José Bessa
Contacte connosco
coracaodejesus09@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO